A importância da vacinação durante a gravidez

Confira três das vacinas que as grávidas precisam tomar e que ajudam a evitar problemas mais sérios.

Publicado em: 27 de Novembro de 2019
Foto Por: Divulgação
Autor: G1 — São Paulo
Fonte: Bem Estar

Você sabe por que as grávidas têm prioridade na vacinação? Um dos motivos é que o sistema imunológico da mãe baixa um pouco a guarda durante a gravidez e, quando um vírus ou bactéria ataca, ela pode adoecer. Para evitar a doença, a melhor saída é a vacinação.

Série 'Eu Tentante, Eu Gestante'

Toda grávida precisa fazer o pré-natal. O acompanhamento permite identificar e reduzir muitos problemas de saúde. E a vacinação é parte fundamental desse cuidado. A imunização durante a gestação protege não somente a mãe, mas também o bebê.

No primeiro ano de vida, o organismo do bebê se defende de infecções usando os anticorpos recebidos da mãe via placenta e/ou leite materno. Isso vai ajudar a protege-lo até que ele produza os próprios agentes de defesa, estimulados pela vacinação, explica a pediatra Bárbara Furtado.

Confira as vacinas que as grávidas precisam tomar e que ajudam a evitar problemas mais sérios:

Hepatite B: deve tomar a mulher que não foi vacinada ANTES de engravidar ou que não tenha tomado as três doses. No total são três doses, com intervalo de um mês entre a primeira e a segunda, e de seis meses entre a primeira e a terceira.

Tríplice bacteriana (dTpa - Difteria, Tétano e Coqueluche): a vacina deve ser tomada a partir da 20ª semana de gestação e repetida a cada gravidez.

Gripe: protege contra os principais tipos de vírus influenza, que provocam a gripe. É preciso tomar uma dose anual, durante qualquer fase da gestação e a cada gestação, o mais cedo possível, inclusive no primeiro trimestre da gravidez.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.