Domingo,
26 de Setembro de 2021

Datafolha: pela primeira vez, maioria acha que pandemia está controlada no Brasil

A pesquisa foi feita nos dias 7 e 8 de julho com 2.074 pessoas de 16 anos ou mais em 146 municípios. A margem de erro é dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Autor: G1

Fonte: G1

Publicado em 15 de Julho de 2021 (Atualizado Há 3 meses atrás)

Legenda: Sem Legenda

Autor da Foto: Sem Autor

Pesquisa do Instituto Datafolha publicada no final da noite desta quarta-feira (14) no site do jornal "Folha de S.Paulo" aponta que a maioria dos brasileiros entende que a pandemia do novo coronavírus está controlada no Brasil.

Veja o resultado:

O Datafolha perguntou: na sua opinião, a pandemia no Brasil está totalmente controlada, em parte controlada ou está fora de controle?

  • Totalmente controlada: 5% (4% em 11 e 12 de maio; 2% em 15 e 17 de março; e 3% em 20 e 21 de janeiro)

  • Em parte controlada: 53% (42% em 11 e 12 de maio; 18% em 15 e 17 de março; e 33% em 20 e 21 de janeiro)

  • Fora de controle: 41% (53% em 11 e 12 de maio; 79% em 15 e 17 de março; e 62% em 20 e 21 de janeiro)

  • Não sabe: 1% (1% em 11 e 12 de maio; 1% em 15 e 17 de março; e 2% em 20 e 21 de janeiro)

Apesar da queda recente, a média de mortes diárias por Covid-19 no Brasil ainda é a maior do mundo – e supera a de continentes inteiros. Além disso, apenas cerca de 15% da população brasileira está totalmente vacinada.

Para a epidemiologista Denise Garrett, entrevistada no episódio desta quinta-feira (15) de "O Assunto“ (ouça mais abaixo), o momento é de cautela – por causa da baixa cobertura vacinal e da variante delta do coronavírus.

"Em todos os países pelos quais a delta passou ou se instalou com baixa cobertura vacinal [como é o caso do Brasil], as consequências foram catastróficas“, diz Garrett.

"Todo esforço deve ser feito no momento para não só acelerar a vacinação, mas também pro uso das outras medidas não farmacológicas – como o uso de máscaras, o distanciamento. Não é momento de relaxar", alerta.

Medo do coronavírus

O Datafolha analisou também o medo do brasileiro do coronavírus e perguntou: você tem muito, pouco ou não tem medo de ser infectado?

  • Muito medo: 46% (49%, 55%, 44%, 41%, 43%, 47%, 45%, 38% e 36% nas pesquisas anteriores)

  • Pouco medo: 31% (32%, 27%, 33%, 32%, 36%, 31%, 34%, 39% e 38% nas pesquisas anteriores)

  • Não tem medo: 21% (16%, 12%, 16%, 24%,18%, 19%, 21%, 23%,e 26% nas pesquisas anteriores)

  • Já foi infectado: 2% (3%, 7%, 7%, 3%, 4% e 3% nas pesquisas anteriores)

Recorte aponta que as mulheres temem mais o coronavírus: são 52% delas, ante 39% de homens.

LEIA TAMBÉM:

A pesquisa Datafolha foi feita nos dias 7 e 8 de julho com 2.074 pessoas de 16 anos ou mais em 146 municípios. A margem de erro é dois pontos percentuais para mais ou para menos.

O instituto também perguntou: como você avalia a velocidade da vacinação contra a Covid-19 no Brasil?

  • Mais rápida do que deveria: 9% (8% e 6% nos levantamentos anteriores)

  • Mais lenta do que deveria: 60% (70% e 76% nos levantamentos anteriores)

  • Está dentro do prazo: 30% (22% e 18% nos levantamentos anteriores)

  • Não sabe: 1% (mesmo índice em todos os levantamentos)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários