Segunda - Feira,
15 de Agosto de 2022

Saúde assina acordo para construção da nova sede do Hospital e Maternidade Dona Regina

Documento foi elaborado pela Secretaria de Parcerias e Investimentos, com o apoio da Tocantins Parcerias

Autor: Mariana Ferreira/Estado do Tocantins

Fonte: Ascom

Publicado em 03 de Agosto de 2022 (Atualizado Há 2 semanas atrás)

Legenda: Assinatura do acordo é marco histórico para a Saúde tocantinense

Autor da Foto: Divulgação

O secretário de Estado da Saúde, Afonso Piva, assinou nesta terça-feira, 02, o acordo de cooperação técnica, elaborado pela Secretaria de Parcerias e Investimentos, com o apoio da Tocantins Parcerias, que viabilizará o estudo de modelagem técnica, econômica financeira e jurídica, para a estruturação do projeto para a construção da nova sede do Hospital e Maternidade Dona Regina. O acordo tem a interveniência da Secretaria de Infraestrutura, Cidades e Habitação.

Dentre as atribuições da Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) no acordo estão: acompanhamento, como responsável técnico, da estruturação do projeto, devendo propor medidas e diretrizes e, principalmente, fornecer dados, informações e esclarecimentos necessários para o bom andamento da construção.

"Esse é mais um passo para a modernização do Sistema Único de Saúde. A construção de uma nova maternidade para o Tocantins é uma necessidade e graças à união de forças e o bom trabalho das equipes, conseguimos alinhar esta forma de construção, que atenderá as demandas da população tocantinense", enfatizou o titular da SES-TO, Afonso Piva.

O secretário de Parcerias e Investimentos, José Humberto Pereira Muniz Filho, explicou que "o projeto é inovador e moderno, seguindo a linha de outros estados, com experiência exitosa com o mesmo modelo". O titular da Pasta lembrou ainda que "este modelo traz eficiência, economicidade e responsabilidade fiscal ao sistema de saúde do Tocantins".

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários