Aposentado transfere R$ 14 mil para golpistas que se passaram por filha em aplicativo de conversas

Ele chegou a telefonar para a filha para perguntar sobre o empréstimo e uma mulher que se passou por ela atendeu e disse que não poderia conversar naquele momento.

Publicado em: 23 de Janeiro de 2021
Foto Por: Reprodução
Autor:  G1 Tocantins.
Fonte:  G1 Tocantins.
Idoso caí em golpe pelo Whatsapp e tem prejuízo de R$ 14 mil

O aposentado José Batista sofreu um grande prejuízo ao cair em um golpe por um aplicativo de mensagens. Os criminosos se passara pela filha dele, que mora fora do estado, e acabaram fazendo ele transferir cerca de R$ 14 mil.

 

O grupo clonou o perfil da filha no WhatsApp. A jovem é médica e trabalha no Pará. Eles então procuraram o seu José Batista no aplicativo e disseram que ela precisava de ajuda para o pagamento de um fornecedor de equipamento para o trabalho.

 

Ele conta que ainda tentou entrar em contato com a filha, mas ao telefonar foi atendido por uma mulher que se passou por ela e disse muito rapidamente que não poderia conversar naquele momento.

 

O grupo simulou ainda que representavam o escritório para o qual a filha estava devendo e por isso o aposentado acabou fazendo o depósito. "Eu perguntei do que se tratava e eles disseram que eram fornecedores de material médico-hospitalar para a minha filha".


Só quando conseguiu conversar com a filha é que o seu José Batista percebeu que tinha sido enganado. Ele registrou o boletim de ocorrência, mas não tem muitas expectativas de conseguir recuperar o dinheiro.

 

O delegado que cuida de crimes cibernéticos em Palmas disse que este tipo de situação é cada vez mais comum. Ele explica que para se prevenir é possível tomar cuidados simples, como utilizar senhas fortes e ativar o duplo fator de autenticação no aplicativo. "Tem que verificar o número do telefone, coisa que eu não fiz. Só olhei a foto, aquela imagem que aparece", conta o aposentado.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.