Sábado,
04 de Dezembro de 2021

Bombeiro militar morre aos 43 anos após diagnóstico de coronavírus

Subtenente Gordam atuava na corporação há 10 anos e atualmente trabalhava na 3ª Companhia de Araguatins.

Autor: g1 Tocantins

Fonte: g1 Tocantins

Publicado em 23 de Outubro de 2021 (Atualizado Há 1 mês atrás)

Legenda: Subtenente Lee Van Gordam morreu aos 43 anos após ter coronavírus

Autor da Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

O bombeiro militar Lee Van Gordam Creyfe Duarte de Oliveira e Sousa, de 43 anos, morreu nesta sexta-feira (22) em um hospital de Augustinópolis, na região norte do Tocantins. A corporação afirmou que ele tinha sido diagnosticado com Covid-19.

O Subtenente Gordam atuava na corporação há 10 anos e atualmente trabalhava na 3ª Companhia de Araguatins, onde morava.

A assessoria do Corpo de Bombeiros disse que "a morte de Gordam pegou a todos de surpresa". Ele tinha sido infectado com o vírus, mas nos últimos dias parecia estar recuperado. No início da tarde desta sexta-feira ele foi encontrado caído, foi socorrido imediatamente e levado para um hospital em Augustinópolis. Gordam não resistiu morreu por volta de 17h25.

A corporação infirmou que um exame feito por ele nesta quinta-feira (21) teria dado negativo e o militar já se preparava para participar da próxima etapa da seleção para o Curso de Habilitação de Oficial de Administração, que está sendo ministrado pelo Corpo de Bombeiros no Tocantins.

Vários amigos, familiares e colegas de serviço lamentaram a morte do militar. O comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Eduardo de Souza Farias, disse que Godam "era um bombeiro cumpridor de suas funções e infelizmente, a instituição perde muito com o falecimento do subtenente".

Gordam era divorciado e deixa dois filhos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários