Sábado,
18 de Setembro de 2021

Bombeiros descobrem munições e líquido inflamável em carreta após escutarem explosões durante combate a incêndio

Incêndio aconteceu em carreta na BR-153 próximo de Guaraí, na região centro-norte do estado. Caso deve ser investigado pela polícia.

Autor: G1 Tocantins

Fonte: G1 Tocantins

Publicado em 30 de Julho de 2021 (Atualizado Há 2 meses atrás)

Legenda: Munição estava sendo transportada por caminhão e foi destruída por incêndio

Autor da Foto: Bombeiros/Divulgação

A carreta que pegou fogo na tarde desta quarta-feira (28) na BR-153 em Guaraí, na região centro-norte do estado, estava transportando munições e produtos inflamáveis junto com uma carga de papelão. Os produtos só foram descobertos depois que os militares do Corpo de Bombeiros começaram o combate às chamas e passaram a ouvir explosões. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram encontradas 125 munições de calibre restrito transportadas ilegalmente e escondidas.

Quando os militares chegaram ao local o veículo tinha sido tomado pelas chamas. Segundo os bombeiros, ao ser questionado sobre o tipo de carga transportada o motorista não soube informar detalhadamente.

Ao perceber a presença de carga explosiva no veículo os militares tiveram que interromper o combate e aumentar a distância de isolamento com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Durante o atendimento os bombeiros verificaram que havia, inclusive, munições de uso restrito.

Enquanto estavam no local os militares foram informados sobre o tombamento de outro caminhão, na TO-336, e precisaram sair para socorrer uma vítima presa às ferragens.

Ao retomarem para concluir o combate ao incêndio na carreta os bombeiros tiveram que usar um tipo de espuma porque também identificaram que havia uma grande quantidade de líquido inflamável como parte da carga.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), após o incêndio ser controlado foi possível 87 munições calibre .308 e 38 munições calibre .38. O motorista foi ouvido como testemunha. Ele alegou que não viu o carregamento da carga e apenas acoplou o caminhão para seguir viagem.

De acordo com a PRF, o material apreendido foi encaminhado ao plantão da Polícia Civil. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que tomou conhecimento do caso e deverá abrir investigação.

Entenda

O incêndio aconteceu a aproximadamente oito quilômetros da cidade de Guaraí. O fogo teria começado em uma das rodas da carreta, por volta das 13h40, e se alastrado rapidamente.

Guaraí não tem destacamento do Corpo de Bombeiros e os militares precisaram sair de Colinas do Tocantins, distante cerca de 80 quilômetros, para combater as chamas.

Durante a tarde uma longa fila de carros se formou na rodovia. Imagens feitas no local mostram que o caminhão parou no acostamento e o fogo chegou a atingir parte da vegetação às margens da rodovia.

A carreta ficou completamente destruída e o incêndio também causou uma grande coluna de fumaça no céu. A pista ficou totalmente interditada até às 17h30.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários