Chuva deixa estradas intransitáveis e 1,3 mil alunos ficam sem estudar

Oito escolas estão sem funcionar em Peixe. Prefeitura disse que esta é uma medida de segurança para os estudantes, por causa das péssimas condições das estradas rurais.

Publicado em: 16 de Março de 2018
Foto Por: Reprodução/ TV Anhanguera
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Ônibus escolares não conseguem transitar em estradas rurais no município de Peixe

Com isso, mais de 1,3 mil alunos da rede municipal estão sem aula. A decisão foi tomada pela prefeitura por causa das chuvas.

Por meio de um decreto, o município disse que esta é uma medida de segurança para os estudantes, por causa das péssimas condições das estradas rurais. 

Toda a frota que faz o transporte escolar está parada.

No município, são mais de 400 quilômetros de estradas rurais. Vários trechos estão intransitáveis.

"A gente quer mais melhoria para nossas estradas porque são várias pessoas que passam por aqui todo dia. Inclusive, tem o transporte escolar que passava aqui e não está passando agora. Quando chove fica muita água aqui. Se o rio Tocantins não fosse ao lado, falava que era aqui", brincou o funcionário público Walter Paulo Souza.

As estradas estão cobertas por água e muita lama. As vias são o único acesso de agricultores e ribeirinhos até a cidade. Cercas e pastagens foram inundadas.

Máquinários estão sendo usados para fazer a abertura de canais, com o objetivo de escoar a água que encobre as estradas.

Segundo a secretária de Educação de Peixe, Cristina Gonçalves, faltava segurança para transportar os alunos. Com a chuva a estrutura das escolas também foi prejudicada.

As aulas foram suspensas para que fossem feitos os reparos.

"É possível estudar na época da chuva. O ano passado não tivemos problemas, mas devido esse ano o quantitativo de chuvas ser maior, mais intenso, a gente teve que tomar as providências. A gente vai fazer um calendário de resposição de aulas", disse a secretária.

A prefeitura informou que as aulas foram suspensas, inicialmente, por sete dias. Neste período, algumas ações emergenciais serão feitas para recuperação das vias. Na semana que vem, o município disse que vai resolver os problemas nas escolas.

Peixe não é o único município da região sul do Tocantins que teve as aulas suspensas neste período. Na zona rural de Formoso do Araguaia, duas escolas estão fechadas até o mês de abril porque o transporte escolar não tem condições de transitar nas estradas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.