Quarta - Feira,
05 de Maio de 2021

DPE amplia de 20% para 30% a cota para negros, indígenas e quilombolas em concursos públicos da instituição

Autor: Cleber Toledo

Fonte: Cleber Toledo

Publicado em 04 de Maio de 2021 (Atualizado Há 1 dia atras)

Legenda: Defensoria Pública do Tocantins

Autor da Foto: Divulgação

O Conselho Superior da Defensoria Pública (CSDP) aprovou, por unanimidade, a implantação do percentual de 30% no sistema de cotas para pessoas negras, indígenas e quilombolas nos concursos públicos da instituição. A resolução está publicada no Diário Oficial.

Ampliação

O sistema de cotas étnico-raciais em concursos da DPE no Tocantins estava em vigor com a reserva de 20% das vagas. Agora, com o índice indo para 30%, a instituição reforça que atua para ampliar, também, a participação e ocupação de pessoas negras, indígenas e quilombolas em cargos de defensoras e defensores públicos, servidores do quadro auxiliar e nas vagas oferecidas para estagiários e estagiárias.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários