Eleição de Araguanã terá duas chapas comandadas por mulheres; votação será no próximo domingo (2)

Candidatos eleitos ficam no cargo até 31 de dezembro. Eleição foi convocada após prefeito morrer vítima de Covid-19.

Publicado em: 31 de Julho de 2020
Foto Por: Reprodução/TV Anhanguera
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Avenida de Araguanã, na região norte do estado

A eleição para a Prefeitura de Araguanã, na região norte do estado, será realizada no próximo domingo (2) e contará com duas chapas encabeçadas por mulheres. Concorrem ao cargo a vereadora e atual prefeita interina, Irene Rodrigues (PSD), e Raimunda da Silva Leite (PSC), que é ex-primeira dama da cidade.

 

A votação foi convocada porque o prefeito eleito em 2016, Fernando Luiz dos Santos (PSD), renunciou ao cargo ainda em 2017 e o vice-prefeito Hernandes Neves de Brito (DEM), que assumiu desde então, morreu vítima de coronavírus após ficar um mês internado.

 

Após a internação de Hernandes Neves, a cadeira de prefeito chegou a ser assumida interinamente pelo vereador Cícero Cruz de Araújo (PDT), presidente da câmara, mas ele também morreu, após passar mal em um restaurante. Desde então a vereadora Irene Rodrigues segue no cargo.

 

As chapas

A eleição será realizada de forma indireta com o voto dos oito vereadores em atividade. A chapa eleita cumprirá um mandato-tampão até o dia 31 de dezembro de 2020. Os procedimentos que serão seguidos nesta eleição foram definidos pela própria Câmara de Vereadores.

 

A primeira chapa é formada pela prefeita interina Irene Rodrigues (PSD) e Maria de Lourdes Fortaleza (DEM). A segunda tem como representantes Raimunda da Silva Leite (PSC), que foi primeira dama da cidade até 2016, e Cícero Alves Sousa (PSDC).

 

A votação está prevista para 9h do dia 2 de agosto, na própria Câmara dos Vereadores de Araguanã. A chapa eleita tomará posse logo após a eleição em uma sessão solene.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.