Em Gurupi, comissão discute diretrizes para as escolas na pandemia

Publicado em: 23 de Janeiro de 2021
Foto Por: Divulgação
Autor: Ascom
Fonte: Ascom
Em Gurupi, comissão discute diretrizes para as escolas na pandemia

Uma comissão foi instituída para estudar o formato mais adequado de ensino na rede municipal de educação de Gurupi no ano letivo de 2021. A medida foi necessária devido à proximidade da volta às aulas e à preocupação com número crescente de casos da Covid-19 na região.   

 

A Diretoria de Gestão Pedagógica, da Secretaria Municipal de Educação de Gurupi (SEMEG), realizou a primeira reunião e discutiu as diretrizes para as escolas do município durante a pandemia. Normativas, resoluções e portarias foram analisadas e discutidas. "Estamos estudando uma série de documentos deliberativos, que possam nos dá respaldo legal para formatação do modelo de ensino durante esta pandemia, levando em consideração, desde os protocolos de segurança dentro das unidades escolares, quanto nos demais setores pedagógicos", explicou o diretor de gestão pedagógica da Semeg, Jônatas Barreto.

 

Comissão

A comissão conta com representantes dos professores, diretores escolares, de coordenadores pedagógicos e membros do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (SINTET–TO) e também do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Gurupi (SISEMG). Ainda compõe a equipe, o Conselho Municipal de Educação e servidores da Semeg. "A principal missão agora é construir esse formato de ensino para o retorno das aulas em 2021", disse Barreto.

 

Em Gurupi as aulas na rede municipal de ensino devem retornar no dia 08 de fevereiro, por enquanto, no formato remoto, como ocorreu no segundo semestre do ano passado.

 

MEC

Todos os protocolos de segurança e proteção contra a Covid estabelecidos na portaria nacional baixada pelo Ministério da Educação (MEC) serão adotadas para esse modelo de ensino a ser definido em Gurupi. As medidas também serão embasadas nas normativas dos Conselhos Estadual e Nacional da Educação.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.