Estado orienta novos gestores municipais da Política de Assistência Social

Publicado em: 14 de Janeiro de 2021
Foto Por: Setas/Governo do Tocantins
Autor: Cleber Toledo
Fonte: Cleber Toledo
Objetivo da reunião é para que os técnicos do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) levem aos novos dirigentes as orientações sobre a gestão da Política de Assistência Social

Com as mudanças nas gestões municipais, o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), propicia aos novos gestores importantes orientações sobre a Política de Assistência Social, nos dias 2 e 4 de fevereiro; até lá, os municípios podem se informar e esclarecer as dúvidas com os técnicos da área, pelos telefones da Setas.

 

O objetivo da reunião é oportunizar que os técnicos do Sistema Único de Assistência Social (Suas) levem, aos novos dirigentes, as orientações sobre a gestão da Política de Assistência Social e também sanar as dúvidas relacionadas ao atendimento dos equipamentos públicos durante a pandemia.

 

O secretário de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social, José Messias Araújo, frisa que, por conta da pandemia da Covid-19, as políticas públicas precisam estar cada vez mais afinadas e devem manter o diálogo intersetorial entre as mesmas. “Os novos prefeitos e secretários de Assistência Social dos 139 municípios tocantinenses precisam entender, com brevidade, a importância da Política de Assistência Social para a população em situação de vulnerabilidade social, principalmente nesse momento de pandemia, em que essa situação se agravou”, destaca o secretário, ressaltando que “o governador Mauro Carlesse tem se empenhado para que o Estado atenda a necessidade de cada cidadão em todas as regiões tocantinenses”.

 

A diretora do Sistema Único de Assistência Social da Setas, Halana Magalhães, reforça o convite aos novos gestores, bem como a importância dos encontros. “Todos os municípios estão convidados e devem participar, verificando, entre os dois dias, aquele que melhor lhe convier. Os novos prefeitos e secretários receberão orientações sobre a gestão da política de assistência social, em especial na execução dos serviços, programas, projetos, benefícios e na execução financeira dos recursos repassados”, salienta.

 

Os encontros ocorrem no aplicativo Google Meet. A cada dia, os técnicos atenderão uma turma e cada participante, ao se inscrever, poderá escolher a data que melhor lhe convier.

 

A inscrição será realizada no site de Setas, no endereço eletrônico www.setas.to.gov.br, pelo formulário do Google Forms, que será encaminhado aos gestores.

 

Atendimento 

Halana Magalhães alerta que, durante a pandemia, o atendimento no Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e os demais serviços prestados à população não podem parar. “É necessário tomar todos os cuidados que o momento pede; mas existe uma legislação e notas técnicas do Ministério da Cidadania definindo como deve ser realizado esse atendimento dentro das normas de saúde e assegurando que o trabalho dos equipamentos públicos, que são os Cras, os Creas, o SCFV e todos os demais, não podem fechar”, afirma a diretora.

 

Contato

Enquanto a reunião técnica não ocorre, os novos gestores em todo o Estado podem esclarecer suas dúvidas com os técnicos da Setas, conforme o assunto, por meio dos telefones: (63) 3218-1906 (Gerência do Suas), 3218-1940 (Diretoria do Suas), 3218-1931 (Programa Bolsa Família), 3218-6903 (Proteção Social Especial) e 3218-6904 (Cras e SCFV). (Da assessoria de imprensa)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.