Estudantes da 1ª e 2ª séries do ensino médio retomam as aulas de forma remota no TO

As atividades não presenciais para estes alunos iniciam a partir desta segunda-feira (10) na rede estadual. de ensino. Nesse formato, o estudo é feito por meio de roteiro construído pelos professores.

Publicado em: 10 de Agosto de 2020
Foto Por: Marcio Vieira/Governo do Tocantins
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Estudantes da 1ª e 2ª séries voltam a estudar de forma remota

A partir desta segunda-feira (13), os estudantes da 1ª e 2ª séries do ensino médio, da rede estadual, retomam as atividades escolares de forma remota. Os primeiros a começarem os estudos à distância foram os alunos da 3ª série do ensino médio, no dia 29 de junho.

 

As aulas no Tocantins foram suspensas no dia 13 de março, em função da pandemia do novo coronavírus.

O governo estadual chegou a planejar a volta das aulas presenciais para o dia 3 de agosto. A ideia era que as turmas fossem divididas: metade dos alunos voltaria para as escolas e a outra metade ficava em casa, na semana seguinte, os alunos revezariam. A ideia era que esse retorno fosse gradual, começando com os estudantes do último ano do ensino médio até contemplar todas as séries.

 

No entanto, o Estado voltou atrás e decidiu cancelar esse retorno. Na época, o governo justificou que a prioridade era colaborar para o enfrentamento da Covid-19.

 

No formato não presencial, os alunos da rede estadual recebem o roteiro de estudos de cada disciplina, construído pelos próprios professores. O conteúdo pode ser retirado semanalmente, impresso, nas escolas, ou ser acessado pela internet. Os alunos que não têm acesso à web e moram na zona urbana retiram o material impresso na escola. Já os estudantes da zona rural recebem as atividades por meio do transporte escolar.

 

De acordo com a Secretaria Estadual da Educação, para assegurar a qualidade do ensino, todos os professores do ensino médio, coordenadores pedagógicos e gestores escolares das 13 Diretorias Regionais de Ensino receberam formação on-line.

 

A primeira formação foi realizada para 2.700 professores da 3ª série, nos dias 15 e 16 de junho. A segunda, direcionada aos professores da 1ª e 2ª série, ocorreu nos dias 3 e 4 de agosto, alcançando 3.800 educadores, distribuídos em 21 salas virtuais.

 

“Tivemos uma boa adaptação dos estudantes da 3ª série e dos profissionais no modelo não presencial e agora damos prosseguimento às atividades com as demais turmas do ensino médio. Além da formação para os nossos professores, estamos prestando todo o suporte necessário neste novo cenário, inclusive apoio emocional e psicológico, por meio do Programa Olhar Atento, e tomando todas as medidas de prevenção para garantir a segurança dos nossos alunos e servidores”, disse a secretaria da educação, Adriana Aguiar.

 

A secretaria disse que o planejamento para a retomada das aulas na rede estadual de ensino é executado mediante o acompanhamento da situação epidemiológica do Estado e em alinhamento com a Secretaria de Estado da Saúde.

 

Este alinhamento motivou, de acordo com o governo, a mudança no plano de retomada das aulas semipresenciais, que estavam previstas para começar, de forma escalonada, em 3 de agosto. Diante do quadro epidemiológico, o formato semipresencial foi suspenso, e o Estado está ampliando, gradativamente, a oferta de aulas não presenciais.

 

O planejamento de volta às aulas na rede estadual é focado nos 5 pilares a seguir: a segurança dos profissionais de educação e dos estudantes; o respeito à diversidade da comunidade escolar; a garantia do ano letivo para os estudantes da 3ª série, ainda no ano civil 2020; a garantia da conclusão do ano letivo para todos os estudantes, independente do calendário civil; e a garantia de que o ano letivo de 2021 transcorra independente do ano 2020.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.