Estudantes da zona rural ficam sem aula após chuvas destruírem estradas

Prefeitura de Formoso do Araguaia suspendeu as atividades para pelo menos 180 alunos que eram levados para a escola em um ônibus.Várias propriedades estão isoladas.

Publicado em: 02 de Março de 2018
Foto Por: Reprodução/TV Anhanguera
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
entando chegar à escola, mãe passa por dentro da lama com a filha

Pelo menos 180 alunos da zona rural de Formoso do Araguaia, na região sul do Tocantins, estão sem estudar por causa das condições das estradas. As aulas na região foram suspensas pela Prefeitura do município após as chuvas destruírem o trajeto feito pelos transportes coletivos. Um micro-ônibus e uma kombi que transportavam os estudantes foram retirados da rota por 30 dias. 

A prefeitura fez um comunicado aos pais informando sobre a suspensão das aulas na Escola Municipal Rural Sebastião Lopes da Silva. Segundo o documento, a suspensão ocorre entre 27 de fevereiro a 30 de março por causa da situação das estradas.

São 13 km que separam o ponto de ônibus da escola. O trecho curto, sem asfalto, durante o período chuvoso fica praticamente intransitável. A Prefeitura municipal disse que é inviável a passagem do transporte no local.

Os sacrifícios dos pais para ver os filhos estudando começam ao sair de casa. Com os pés dentro da lama junto com a filha machucada, a lavradora Deuselina Gonçalves, chegou ao ponto de ônibus e o transporte não passou. "Por que não tem o transporte para nossos filhos irem para a escola? Eles estão prejudicados por falta de transporte e por falta de estrada", reclama.

"Não tem condição de uma criança sair de casa às 5h da manhã para chegar na estrada e não ter um veículo para ele ir", disse.

Para não ver os três filhos longe da escola, a lavradora, Elaiz Teixeira disse que tentou levá-los no carro da família, mas o veículo estragou na estrada. "Eu não aceito. Será que meus filhos não merecem uma escola?". O filho, Gabriel Andrade de 11 anos, dela também reclama e diz que quer voltar a estudar. "Eu acho ruim, porque a gente está sendo prejudicado".

De acordo com os moradores, a situação das estradas não é recente. Há um ano a comunidade se mobilizou e fez um abaixo assinado pedindo a recuperação da via. Por causa dos prejuízos e cansado de esperar, um fazendeiro da região contratou uma equipe para realizar os reparos na via.

Resposta

A Secretaria de Educação de Formoso do Araguaia informou que todas as aulas serão repostas e que o calendário de reposição deve começar a partir de abril. Em julho, mês de férias escolares, os alunos terão cinco dias de aula.

Sobre as estradas, a Secretaria de Infraestrutura disse que as obras para escoar a água acumulada nas estradas e de um aterro devem começar nessa quarta-feira (28). Disse ainda que se não chover, o reparo deve ser finalizado ainda nessa semana.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.