Filadélfia proíbe acesso a ilhas e praia em medida para prevenir disseminação do coronavírus

Cidade tem 38 casos confirmados de Covid-19 e uma pessoa morreu com coronavírus. Filadélfia fica na divisa com o Maranhão e tem destinos movimentados durante temporada de férias.

Publicado em: 25 de Junho de 2020
Foto Por: Reprodução/TV Anhanguera
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Embarcações fazendo travessia de visitantes em Filadélfia

A Prefeitura de Filadélfia, no norte do estado, decidiu proibir o acesso às ilhas e praia da cidade para prevenir o aumento no número de casos de Covid-19.

 

A cidade tem 38 casos confirmados da doença e uma pessoa morreu com coronavírus. A proibição é por tempo indeterminado e quem descumprir pode ser multado.

 

Filadélfia fica na divisa com o estado do Maranhão. As ilhas no rio Tocantins e a praia do Coqueiro são destinos bem movimentados durante a temporada de férias e por isso o município decidiu proibir o acesso aos locais para evitar a disseminação do coronavírus.

 

Acampamentos também estão proibidos por tempo indeterminado. A fiscalização ao decreto será feita pelo município, polícias Militar e Civil, além do Corpo de Bombeiros. A multa por descumprimento é de R$ 100, mas se houver reincidência sobe para R$ 200.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.