Geração de emprego em Porto será prioridade na gestão de Otoniel

Publicado em: 07 de Outubro de 2020
Foto Por: Eidimarques Vaz
Autor: Luiz Pires
Fonte: Ascom

Em 2015, penúltimo ano da gestão de Otoniel Andrade, Porto Nacional foi um dos dez municípios brasileiros que mais gerou empregos. Realidade bem diferente da atual, em que o ex-prefeito e atual candidato ao Paço Municipal ouve da população, em todas as suas visitas e reuniões pedidos de vagas de trabalho, sobretudo para os jovens.


Em uma maratona de reuniões realizadas nesta segunda-feira, 5, mais uma vez, Otoniel ouviu dos portuenses que o município precisa retomar a geração de postos de trabalho. Foi assim no setor Padre Luso, Brigadeiro Eduardo Gomes, Tropical Palmas e Nova Capital.


O prefeiturável lembrou que em suas gestões trouxe para o município grandes empresas, como a Granol, que geram e centenas de empregos. Além disso, obras públicas, como as de pavimentação asfáltica em vários bairros da cidade e a construção de 300 casas populares no Residencial Irmã Edila, também geraram inúmeros postos de trabalho.


Otoniel, no entanto, não se limita a falar do que já fez, mas do que vai fazer a partir de 2021 para mudar essa realidade. "O que nós fizemos, vocês já sabem, já está feito. Quero falar do que vamos fazer. No próximo mandato vamos trazer empresas para industrializar aves, peixes e suínos. A área de produção de alimentos é imprescindível, tanto que durante essa pandemia foi a única que não só não parou como cresceu".


Uma de suas propostas mais recorrentes é a implantação de tanques-rede no lago da Usina de Lajeado para a criação de peixes, sobretudo de tilápia, um dos mais consumidos no mundo. "A produção de piscicultura brasileira no ano passado foi de aproximadamente 750 mil toneladas. Nós temos condições de produzir cerca de 270 mil toneladas de pescado por ano, o que representa mais de um terço de toda a produção nacional", comparou.


Outras demandas


Além da questão do emprego, por onde passa Otoniel ouve demandas básicas, como a construção de quebra-molas em ruas e avenidas; o retorno do funcionamento de postinhos de saúde; aumento do número de médicos especialistas no Ceme (Centro de Especialidades Médicas); prazo menor para o resultado de exames; qualificação de jovens para sua inserção no mercado de trabalho; construção ou reforma de praças e quadras poliesportivas; melhores condições de trabalho e salarial para servidores públicos municipais.


Soluções


Na área da saúde, Otoniel garantiu aos portuenses que, chegando à prefeitura, o atendimento médico nos bairros será permanente, com médicos contratados por mês, não por hora, como acontece atualmente, e que a zona rural será novamente atendida com a unidade móvel de saúde, que vai percorrer principalmente os assentamentos do município.


Em relação aos cursos profissionalizantes, ele lembrou que em sua última gestão foram qualificados mais de 400 jovens, em parceria com o Sesi. Serviço que será retomado já em 2021.


Assentamento Prata


Além dos bairros de Porto, nesta segunda Otoniel esteve também no assentamento Prata, onde garantiu que o recolhimento de lixo do local será permanente e com recipientes próprios para a coleta seletiva. Garantiu também o retorno dos tratores para arar e gradear a terra dos pequenos produtores, além da reativação do posto de saúde para atender a comunidade.

 

Vereadores

 

As reuniões desta segunda-feira foram organizadas pelos seguintes vereadores: Neném do Peg Pag, Enfermeiro Nilton Rezende, João Leite, Janjão, Milkens Sandy e Helena Câmara.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.