Governo apoia Programa de desenvolvimento profissional de professores de Educação Básica que será realizado no Canadá

São ofertados 21 vagas para a região Norte que proporciona a participação de professores concursados e em estágio probatório da rede pública de ensino e que tenham diploma de licenciatura

Publicado em: 13 de Fevereiro de 2020
Foto Por: Márcio Vieira
Autor: Stefani Cavalcante & Geórgya Laranjeira / Governo do Tocantins
Fonte: Ascom
Professores de Educação Básica tem oportunidade de fazer aperfeiçoamento no Canadá. As inscrições são gratuitas e abertas até o dia 19 deste mês

Com inscrições gratuitas e despesas pagas durante oito semanas, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) juntamente com Colleges and Institutes Canada – CICan promovem a capacitação de professores de educação básica de escolas públicas. O curso de aperfeiçoamento de inglês e módulos temáticos serão realizados entre junho e julho deste ano, no Canadá. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas somente pela internet, no portal da Capes, até o dia 19 de fevereiro. 

 

O Governo do Estado por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (Fapt), apoia a inciativa pois é um meio de valorizar a categoria de profissionais da educação, além de aperfeiçoar seus conhecimentos.

 

São ofertados 102 vagas, divididas e, cinco regiões do país, sendo 21 vagas para a região Norte. Os interessados devem se submeter as regras do edital, e os que desejam concorrer as vagas destinadas as escolas do Programa Nacional Cívico Militares (PCIM) deve indicar opção no ato da inscrição.

 

Os contemplados terão passagem área ida e volta, ajuda de custo de $ 600 dólares canadenses pagos no Canadá, seguro de saúde, apoio ao deslocamento no Canadá: aeroporto/universidade/aeroporto, alojamento incluindo três refeições em casa de família canadense (homestay), além de curso de formação e material didático.

 

Um dos requisitos e condições de participação é que o interessado seja concursado da rede pública de educação básica; atue como docente em sala de aula; e que não esteja de licença ou afastado de suas atividades laborais; possua diploma de licenciatura; não tenha formação/titulação em nível de pós-graduação stricto sensu; tenha currículo cadastrado na Plataforma Capes de Educação Básica, disponível em eb.capes.gov.br, com todas as informações referentes à sua formação acadêmica e à sua atuação profissional na educação básica, dentre outras exigências.

 

Outro requisito de fundamental importância é a elaboração de um projeto de intervenção pedagógica a partir da própria experiência profissional, a ser desenvolvido na escola de atuação após o retorno ao Brasil. Além de assumir o compromisso de realizar atividade de disseminação dos conhecimentos, bem como participar como multiplicador, quando solicitado pela Capes ou pela secretaria de educação à qual está vinculado.

 

O resultado final está previsto para 15/04. Serão classificados os que forem aprovados na análise técnica e analise de mérito do edital de participação. Os interessados devem ficar atentos ao edital disponível no site: https://www.capes.gov.br/educacao-basica/cooperacao-internacional/programa-de-desenvolvimento-de-profissionais-da-educacao-basica-no-canada

Mais informações pelo prof.canada@capes.gov.br

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.