Governo do Tocantins finaliza manutenção da rodovia que liga Babaçulândia a Filadélfia

Publicado em: 24 de Julho de 2020
Foto Por: Ageto/Governo do Tocantins
Autor: Cleber Toledo
Fonte: Cleber Toledo
A manutenção foi realizada nos 48 km de extensão da rodovia TO-424. O objetivo é garantir a melhor trafegabilidade aos veículos que circulam entre as duas cidades

O Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transporte e Obras (Ageto), encerrou, nesta quinta-feira, 23, as obras de manutenção da TO-424. Os serviços contemplam as comunidades dos municípios de Babaçulândia e Filadélfia. O objetivo é garantir a melhor trafegabilidade aos veículos que circulam entre as duas cidades.

 

Os trabalhos são feitos por equipes da Residência Rodoviária da Ageto, de Araguaína, na região norte do Estado. De acordo com o residente Maurício Pedro de Oliveira, os serviços de recuperação e manutenção da rodovia visam proporcionar de forma contínua a boa qualidade do trecho rodoviário e mais segurança aos usuários e aos produtores que escoam a sua produção.

 

Para a secretária de Estado da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin, a atuação da Ageto é uma demonstração do compromisso do Governo do Tocantins com a população da área rural do Estado. “A manutenção das rodovias estaduais é a principal solicitação de produtores e moradores da área rural; e o Governador Mauro Carlesse tem atendido este anseio, garantindo a trafegabilidade das rodovias pavimentadas e não pavimentadas”, concluiu.

 

No local, foi realizado um trabalho preventivo e corretivo, com a execução de patrolamento, revestimento primário, limpeza e roçagem nas laterais da pista e melhorias no sistema de drenagem. Com a finalização dos serviços de manutenção, a trafegabilidade do trecho foi recuperada. Isso vai facilitar o trânsito dos moradores da região e também fortalecer a economia local. (Da assessoria de imprensa)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.