Idosos participam de café da manhã online para matar saudade e terminam encontro com forró virtual

Projeto foi realizado pelo projeto Vida Ativa, do Sesc Tocantins. Cerca de 50 idosos participaram da live e querem repetir o encontro.

Publicado em: 23 de Julho de 2020
Foto Por: Reprodução/TV Anhanguera
Autor: G1 Tocantins
Fonte: G1 Tocantins
Mulher dança forró com vassoura durante encontro virtual de idosos

Idosos que participam do projeto Vida Ativa do Sesc Tocantins encontraram uma forma de reencontrar os amigos durante a pandemia. Eles participaram de um café virtual nesta quarta-feira (22) e conseguiram matar um pouco da saudade.

 

"Desde ontem à noite que eu tô com o coração a mil, esperando o encontro com as minhas amigas porque a gente está há quase cinco meses sem se encontrar", comentou a dona de casa Lusia Gomes.


O café da manhã interativo foi feito por meio de uma live e contou com a participação de cerca de 50 idosos. "Pra mim tá sendo bom porque estou sozinha com a minha mãe e não tô vendo ninguém. Foi pouco tempo mais maravilhoso", comentou uma das participantes.

 

A assistente social Núbia Castro, do projeto Sesc Vida Ativa, contou que foi um desafio organizar o encontro, mas o resultado foi satisfatório. "Organizar esse café foi um desafio, primeiro pelos mitos que se criam: será que os idosos vão conseguir se conectar. É uma mistura de sentimentos e preocupação que a gente tem com esse grupo, para alcançar o maior número possível", comentou.

 

O encontro virtual foi encerrado com forró. Sem um par para dançar, os idosos improvisaram nas suas casas, usando travesseiros, cabo de vassoura e até um cachorrinho.

 

“Esse café da manhã online foi muito bom, muito bom mesmo porque desperta em cada um de nós que não estamos isolados totalmente. Estamos fisicamente, mas positivamente estamos no meio de vocês”, disse Irene da silva, de 67 anos.

 

Idosos que participam do programa Vida Ativa do Sesc Tocantins encontraram uma forma de reencontrar os amigos durante a pandemia. Eles participaram de um café virtual nesta quarta-feira (22) e conseguiram matar um pouco da saudade.

 

“Desde ontem à noite que eu tô com o coração a mil, esperando o encontro com as minhas amigas porque a gente está há quase cinco meses sem se encontrar. A gente não pode se encontrar, tem que ficar cada um na sua casa por causa da prevenção. Eu cuido de mim e elas cuidam delas e nós cuidamos de todas nós”, comentou a dona de casa Lusia Gomes.

 

O café da manhã interativo foi feito por meio de uma live e contou com a participação de cerca de 50 idosos participaram da transmissão. “Pra mim tá sendo bom porque estou sozinha com a minha mãe e não tô vendo ninguém. Foi pouco tempo mais maravilhoso”, comentou uma das participantes.

 

A assistente social Núbia Castro, do projeto Sesc Vida Ativa, contou que foi um desafio organizar o encontro, mas o resultado foi satisfatório. “Organizar esse café foi um desafio, primeiro pelos mitos que se criam: será que os idosos vão conseguir se conectar? É uma mistura de sentimentos e preocupação que a gente tem com esse grupo, para alcançar o maior número possível”, comentou.

 

O encontro virtual foi encerrado com forró. Sem um par para dançar, os idosos improvisaram nas suas casas, usando travesseiros, cabo de vassoura e até um cachorrinho.

 

“Esse café da manhã online foi muito bom, muito bom mesmo porque desperta em cada um de nós que não estamos isolados totalmente. Estamos fisicamente, mas positivamente estamos no meio de vocês”, disse Irene da silva, de 67 anos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.