Quarta - Feira,
05 de Maio de 2021

Imagens de drone mostram momento em que luzes se apagam em Araguaína; mais de 10 cidades ficaram sem energia

Energisa informou que falha ocorreu na linha de transmissão de 138 Kv Miracema – Guaraí. Problema foi resolvido em cerca de uma hora, mas as causas ainda estão sendo apuradas.

Autor: G1 Tocantins

Fonte: G1 Tocantins

Publicado em 03 de Maio de 2021 (Atualizado Há 2 dias atrás)

Legenda: Apagão é registrado em Araguaína na noite do último domingo

Autor da Foto: Caio Videomaker/Divulgação

O videomaker Caio Augusto registrou o momento em que Araguaína, no norte do Tocantins ficou completamente no escuro na noite deste domingo (2). A cidade é a segunda maior do estado e foi uma das afetadas pela falha no abastecimento, que atingiu pelo menos 12 municípios da região central e norte.

“Eu estava em casa trabalhando quando caiu pela primeira vez e logo depois a segunda, em menos de 60 segundos. Pensei em subir o drone para olhar como era a cidade naquela circunstância. Subi meu drone imediatamente e fiquei com ele pairado no ar durante alguns segundos gravando. Nesse momento voltou a luz e alguns segundos depois, apagou novamente. Foi no terceiro apagão que consegui registrar esse momento”, contou Caio Augusto.

Nas imagens é possível ver o momento em que as luzes vão se apagando e a cidade fica no escuro. Segundo o videomaker, foram pelo menos nove quedas de energia em Araguaína.

A falta de eletricidade atingiu também os municípios de Guaraí, Colinas, Pedro Afonso, Itacajá, Goiatins, Itapiratins, Juarina, Bernardo Sayão, Brasilândia, Xambioá e Tocantinópolis.

A concessionária de energia elétrica do Tocantins, Energisa, informou que ocorreu uma falha na linha de transmissão de 138 Kv Miracema – Guaraí, por volta das 19h20.

O problema afetou os municípios dessa região e outras cidades próximas sentiram oscilações de energia com pequena duração, cerca de três minutos. A empresa disse que foi possível fazer manobras remotas de recomposição.

O serviço foi totalmente restabelecido em cerca de uma hora e os fatores que causaram a falha ainda estão sendo apurados, de acordo com a Energisa.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários