Incra recebe R$ 2,5 milhões do MMFDH para regularização fundiária de territórios quilombolas, entre eles o Kalunga do Mimoso

Publicado em: 21 de Novembro de 2020
Foto Por: Divulgação
Autor: Cleber Toledo
Fonte: Cleber Toledo
Sede do Incra no Tocantins

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) recebeu do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) mais de R$ 2,5 milhões para indenizações com o intuito promover a regularização fundiária de três territórios quilombolas no País, um deles o Kalunga do Mimoso, em Arraias.

 

Além dele, há o Santa Rosa dos Pretos, em Itapecuru Mirim (MA); e Mata Cavalo, em Nossa Senhora do Livramento (MT). Os três locais somam 3,6 mil hectares e contam com 994 famílias.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.