Mais de 90% dos roubos ou furtos de veículos em Araguaína são de motocicletas

Entre janeiro e julho a cidade registrou 258 casos e em 240 deles as motocicletas eram o alvo.

Publicado em: 04 de Setembro de 2020
Foto Por: Reprodução/TV Anhanguera
Autor:  G1 Tocantins.
Fonte:  G1 Tocantins.
Maioria dois veículos furtados em Araguaína são motos

As motocicletas estão no topo da 'preferência' dos criminosos quando se trata de furtos ou roubos de veículos em Araguaína, no norte do Tocantins. A cidade registrou 258 crimes do tipo nos sete primeiros meses do ano e em 240 deles o alvo do ladrão foi uma motocicleta. Isso representa 93% do total.

 

A Agência de Segurança, Transporte e Trânsito de Araguaína informou que os bairros que mais concentram casos são o centro, com 19 ocorrências; o São João, com 18 e o Araguaína Sul, que teve 10 registros.

 

Em algumas situações, os criminosos se aproveitam da distração das próprias vítimas. O projetista Hélio Cavalcante teve o veículo levado da garagem da própria casa. Ele não percebeu que o portão eletrônico não havia fechado completamente ao sair de casa com a mulher e os filhos. O criminoso se aproveitou do descuido e invadiu a casa. Tudo foi filmado pelas câmeras de segurança.

 

A moto foi recuperada dois dias depois, com um homem de 32 anos, na saída para Babaçulândia. A Polícia Militar informou que no período do levantamento foram recuperados 231 veículos. Alguns deles são automóveis ou motocicletas que tinham sido furtadas e roubadas antes do começo do ano.

 

"Todos os finais de semana temos realizado operações", diz o Tenente Coronel Valdeonne Dias, comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar. "Infelizmente, o crime ele ocorre. E a gente tem lutado para evitar. Para que esse mundo de crimes, mais especificamente no que se trata a roubo seja o menor possível".

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.