Mesmo sem considerar reabertura do comércio, Tocantins pode terminar junho com 10 mil casos de Covid-19

Publicado em: 06 de Junho de 2020
Foto Por: Internet
Autor: Cleber Toledo
Fonte: Cleber Toledo

Cinco dias depois de chegar aos 4 mil casos de Covid-19, o Tocantins já ultrapassou nesta sexta-feira, 5, os 5 mil e acumula 5.182 registros da doença. O Estado vem aumentando mil novas positivações para o novo coronavírus a cada cinco dias. Se mantiver esse ritmo terminará junho com 10 mil casos, isso sem considerar os possíveis reflexos da reabertura do comércio de Araguaína e Palmas, as duas cidades com maior número de infectados, a partir de segunda-feira, 8.

Ritmo acelerado

No dia 18 de março, o Tocantins confirmou o primeiro caso da Covid-19 em Palmas. Levou 57 dias para chegar à marca dos mil registros da doença em 14 de maio (1.029). No entanto, precisou de só oito dias para alcançar os 2 mil, em 22 de maio (2.205); apenas mais cinco dias para os 3 mil, em 27 de maio (3.023); quatro dias para 4 mil, em 31 de maio (4.176); e, por fim, outros cinco dias até 5 mil nesta sexta (5.182).

Casos voltam a crescer em Araguaína

Araguaína, que se para para reabrir o comércio a partir de segunda-feira, registrou outro pico de novos casos nas últimas 24 horas. Confirmou 37 casos na terça, 92 na quarta, 52 nessa quinta, mas nesta sexta o número saltou para 132. Só os novos casos da cidade representam 43,9% dos 301 registros da doença em todo o Estado nas últimas 24 horas, conforme o Boletim Epidemiológico da Secretaria Estadual da Saúde.

21 mortes em Araguaína

Além disso, Araguaína registrou mais uma morte pela doença, a 21ª da cidade. Um idoso de 85 anos, que vinha se tratando de um câncer, faleceu nessa quinta no Hospital Regional.

13 mortes em Araguatins

O outro óbito do boletim é de Araguatins, a 13ª morte do município pela Covid-19. A vítima é um idoso de 67 anos, que morreu na terça-feira. No Tocantins, já são 89 mortos pelo novo coronavírus.

Região norte tem alta de 7,9%

Puxada por Araguaína, a região norte teve nas últimas 24 horas a maior alta da doença desde sábado, 30, com 7,9%, saindo de 2.340 casos para 2.524.

Palmas também tem pico

Palmas, que, como Araguaína, se prepara para reabrir o comércio a partir de segunda-feira, também teve nesta sexta o maior pico da Covid-19 desde sábado. Depois de registrar 22 casos no domingo, 12 na segunda, 32 na terça, 23 na quarta e 18 nessa quinta, fechou a sexta com 40 novos registros do novo coronavírus.

96 cidades com Covid-19

Já são 96 dos 139 municípios do Estado alcançados pela Covid-19, ou 69,1% do total. Os novos casos desta sexta são de Araguaína (132), Palmas (40), Araguatins (15), Nova Olinda (14), Tocantinópolis (14), Colinas do Tocantins (08), Paraíso do Tocantins (08), Porto Nacional (08), Aragominas (06), São Miguel do Tocantins (05), Augustinópolis (04), Gurupi (04), Lagoa da Confusão (04), Aguiarnópolis (03), Barrolândia (03), Goiatins (03), Rio Sono (03), Sampaio (03), Santa Fé do Araguaia (03), Araguanã (02), Darcinópolis (02), Itaguatins (02), Miracema do Tocantins (02), Muricilândia (02), Praia Norte (02), Arapoema (01), Buriti do Tocantins (01), Carmolândia (01), Filadélfia (01), Goianorte (01), Nova Rosalândia (01), Sandolândia (01), Talismã (01) e Wanderlândia (01).

Situação dos pacientes

Dos 5.182 casos do Tocantins, 1.933 pacientes estão recuperados, 3.160 pacientes em isolamento domiciliar ou hospitalar e 89 pacientes foram a óbito.

Queda nas hospitalizações

Nas últimas 24 horas houve uma redução de 5,6% nas hospitalizações e queda de 9,6% na ocupação de UTIs.

Confira a íntegra do Boletim Epidemiológico desta sexta-feira

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.