Moisés Gomes participa de live sobre Liquida Porto nesta quarta

A transmissão ao vivo ocorre nesta quarta-feira, 01, às 14 horas

Publicado em: 01 de Julho de 2020
Foto Por: Divulgação
Autor: Ascom
Fonte: Ascom

A importância do Liquida Porto para economia local será discutida nesta quarta-feira, 01, às 14 horas, em uma transmissão ao vivo. A live faz parte da programação de abertura oficial do Projeto Porto Verão e será transmitida pelo site http://verao.portonacional.to.gov.br/

 

O evento contará com a participação do superintendente do Sebrae, Moisés Gomes; prefeito municipal de Porto Nacional, Joaquim Maia; presidente da câmara de dirigentes lojistas (CDL) de Porto Nacional, Gildeni Aguiar; e do presidente da associação comercial e industrial de Porto Nacional (ACIPN), Wilson Neves.

 

"Esse debate tem o objetivo de apresentar o Liquida Porto aos empresários e a população de Porto Nacional e Região. Vamos reforçar como esse evento apoia e incentiva a geração de renda, o empreendedorismo e o desenvolvimento produtivo dos pequenos negócios locais. Também esperamos mostrar a sua contribuição, mesmo que de forma virtual, na redução dos estoques, devido ao atual cenário econômico", explicou Moisés Gomes.

 

Liquida Porto

 

A segunda edição do Liquida Porto inicia nesta quarta-feira, 01, e segue até o dia 31 de julho. Este ano, em consequência da pandemia do coronavírus, o evento será realizado de forma 100% digital pelo site:http://verao.portonacional.to.gov.br/. Na plataforma, os empresários cadastrados poderão anunciar produtos e serviços com descontos semanais.

 

O evento será realizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Porto Nacional e Associação Comercial, Industrial, Serviços e Agropastoril de Porto Nacional -TO (ACISA-PN) e contará com apoio do Sebrae Tocantins e da Prefeitura Municipal de Porto. (Assessoria de imprensa Sebrae)

Acesse: https://bit.ly/3f2qIDH

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.