Nova página do Sebrae esclarece ações em prol dos pequenos negócios

Ambiente online apresenta iniciativas e destaca impacto das ações no fortalecimento do empreendedorismo no país

Publicado em: 25 de Julho de 2020
Foto Por: Divulgação
Autor: Ascom
Fonte: Ascom

Para dar mais clareza e reforçar as ações em favor dos pequenos negócios no Brasil, o Sebrae está lançando uma nova página na internet onde apresenta um conjunto de iniciativas desenvolvidas pela instituição, em especial neste momento em que a epidemia do coronavírus atinge principalmente as micro e pequenas empresas.

 

Ao acessar a página, é possível conhecer melhor os projetos do Sebrae, que incluem ações de disseminação da cultura empreendedora, incentivo à competitividade empresarial e setorial, estímulo à inovação e desenvolvimento sustentável, articulação de melhorias para acesso a crédito, fortalecimento do desenvolvimento territorial e promoção de inclusão social e produtiva por meio do empreendedorismo.

 

A nova página "O que o Sebrae Faz" (incluir link) também apresenta números que demonstram o empenho do sistema Sebrae em oferecer apoio aos empresários por todo o Brasil, com mais de 1.900 pontos físicos. Em 2019, foram realizados 11 milhões de atendimentos, somando 8,3 milhões de horas em consultoria.

 

Com o reconhecimento dos empreendedores, que em pesquisas afirmam que o Sebrae é importante para o Brasil (96%) e atua de forma ética (90%), a instituição reforça o compromisso de fortalecer os pequenos negócios que fazem a diferença no desenvolvimento nacional e representam 99% das empresas no segmento da indústria, comércio, serviços e agronegócio.

 

Atualmente, as micro e pequenas empresas contribuem com quase 30% do PIB, que é soma de todas as riquezas produzidas no país e colaboram na geração de mais de 50% de empregos formais. Somente em 2019, os pequenos negócios criaram 713 mil postos de trabalho com carteira assinada, o que foi fundamental para a retomada da economia.

 

As histórias de superação e conquista de empreendedores que contaram com a ajuda do Sebrae para tirar do papel o sonho de ter seu próprio negócio, também podem ser conhecidas na nova página. São casos de sucesso que inspiram e motivam outros potenciais empreendedores, como é o caso da startup Hiper, de Brusque em Santa Catarina, que começou em uma garagem e já conquistou mais de 15 mil clientes.

 

Atendimento na pandemia

Desde a chegada da pandemia da Covid-19 ao Brasil, o Sebrae colocou toda sua estrutura e equipe técnica ao lado dos donos de pequenos negócios, que foram surpreendidos pela crise gerada pela doença.

 

Para isso, a instituição não poupou esforços para promover uma transformação digital nos canais de atendimento e relacionamento, com a participação de sua rede de colaboradores.

 

Exemplo disso foi o lançamento de soluções digitais, como a plataforma Emconta e o Mercado Azul; a criação de um espaço exclusivo para as mulheres empreendedoras; a realização de parcerias importantes, como as estabelecidas com a Magazine Luiza e a Cielo.

 

O Sebrae também se colocou na linha de frente para manter as empresas em atividade, protegendo assim os empregos de milhares de brasileiros. Com foco no acesso ao crédito, a instituição reformulou o Fundo de Aval de Amparo à Micro e Pequena Empresa (Fampe) para garantir que os empréstimos chegassem ao maior número possível de pequenos negócios. Desde o início de 2020, R$ 16,8 bilhões em empréstimos foram viabilizados com auxílio do Fundo gerido pelo Sebrae.

 

O Portal Sebrae também foi ampliado para disponibilizar o acesso a todos os produtos e serviços desenvolvidos com objetivo de apoiar as micro e pequenas empresas no enfrentamento da pandemia, oferecendo informações e conteúdos voltados para os empreendedores durante a crise.

 

Com isso, a procura pelos cursos da instituição, por exemplo, bateu recorde histórico de inscrições, superando, entre janeiro e junho, a marca alcançada em todo o ano passado. Enquanto 1,1 milhão de empreendedores participaram dos cursos em 2019; apenas nos primeiros seis meses de 2020, o número de inscritos chegou à marca de 1,5 milhão de pessoas, interessadas principalmente em aprender sobre como melhorar as vendas na internet com o conhecimento de Marketing Digital.

 

Neste momento de retomada de várias atividades econômicas pelo país, o Sebrae também se preocupou em disponibilizar orientações de boas práticas para que os donos de pequenos negócios se preparem adequadamente para reabrir seus estabelecimentos de forma segura. Foram elaborados 35 protocolos para 47 segmentos setoriais, alinhados com recomendações de autoridades de saúde nacionais e internacionais e entidades setoriais parceiras. Todo o material foi disponibilizado na internet de forma gratuita. Confira aqui.

Fonte: Sebrae Nacional

(Assessoria de imprensa Sebrae)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.