Polícia encontra comprimidos de ecstasy em piso falso de loja que vende peças automotivas

Além das drogas encontradas na loja, um carregamento com mais de 600 comprimidos foi localizado no Jardim Taquari. Três pessoas foram presas.

Publicado em: 05 de Setembro de 2020
Foto Por: Denarc/Divulgação
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Drogas seriam revendidas no feriado prolongado, segundo a polícia

A Polícia Civil encontrou nesta sexta-feira (4) comprimidos de ecstasy escondidos no piso falso de uma loja de peças automotivas na região sul de Palmas. Além dos 23 comprimidos havia porções de cocaína e maconha.

 

O local foi alvo de buscas após um carregamento maior, com mais de 600 comprimidos, ser encontrado com um homem no Jardim Taquari durante a manhã. A suspeita é que a loja de peças fosse um ponto de distribuição das drogas.

 

A ação foi chamada de operação 'Pixel'. Logo cedo, policiais da unidade anti-drogas receberam a informação de que um suspeito estava chegando ao Tocantins com uma carga de drogas sintéticas vindas de Goiás. Os produtos seriam revendidos em Palmas e redistribuídos para o Pará durante o feriado prolongado. Além dos 651 comprimidos de ecstasy havia também um frasco de lança perfume.

 

Após a primeira apreensão, as equipes seguiram para a loja de peças onde foi feito o segundo flagrante. Ao todo, três pessoas foram presas. Eles foram levados para a Casa de Prisão Provisória de Palmas.

 

O delegado Enio Walcácer de Oliveira Filho, que é responsável pelo caso, confirmou que houve colaboração de outras forças de segurança. O nome da operação é referência aos fragmentos de informação trocados entre as equipes. Além da Denarc, equipes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Polícia Militar participaram.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.