Sábado,
18 de Setembro de 2021

Polícia faz buscas em investigação sobre pornografia infantil em Paraíso do Tocantins

Apuração indica que criminosos conseguiam imagens de crianças e adolescentes prometendo dinheiro ou se passando por agenciadores de modelos e depois passavam a extorquir os menores. Até o momento, ninguém foi preso.

Autor: G1 Tocantins

Fonte: G1 Tocantins

Publicado em 11 de Setembro de 2021 (Atualizado Há 1 semana atrás)

Legenda: Investigação é em Paraíso do Tocantins

Autor da Foto: Reprodução/TV Anhanguera

A Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão em endereços de Paraíso do Tocantins durante uma investigação sobre pornografia infantil. As ações, que estavam em andamento desde a quinta-feira (9), terminaram nesta sexta-feira (10). O objetivo desta etapa do inquérito é a coleta de provas. Até o momento, ninguém foi preso.

A apuração está com a 6ª Delegacia de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (6ª DEAMV) de Paraíso. Os investigadores não divulgaram os tipos de objeto que foram apreendidos. O delegado do caso, José Lucas Melo, informou que as vitimas não têm conhecimento de que tiveram a imagem exposta.

O delegado alertou ainda que pais e responsáveis redobrem a atenção ao uso de eletrônicos por parte dos jovens e também que supervisionem os conteúdos acessados por crianças e adolescentes.

Inicialmente, a polícia acredita que os suspeitos conseguiam imagens íntimas das crianças e adolescentes através de perfil falsos nas redes sociais. Em algumas situações, os criminosos ofereciam dinheiro ou se passavam por agenciadores de modelos para conseguir fotos e vídeos. Quando recebiam as primeira imagens, passavam a ameaçar publicá-las para forçar os jovens a enviarem novas imagens.

A operação foi batizada de CIMIST, em alusão à divindade da mitologia grega que cuidava das crianças

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários