Polícia Militar apreende 200 quilos de maconha durante bloqueio na Rodovia TO - 010

Um indivíduo que escoltava a droga em um veículo foi alvejado durante confronto com os policiais, durante a fuga.

Publicado em: 26 de Setembro de 2020
Foto Por: Ascom PMTO.
Autor: Luana Barros/Governo do Tocantins
Fonte: Ascom
240 tabletes de maconha foram apreendidos durante ação da PM na Rodovia TO-010.

Na tarde desta sexta-feira, 25, a Polícia Militar apreendeu 240 tabletes de maconha, cerca de 200 quilos da droga, que estavam sendo transportados em um automóvel na Rodovia TO – 010, em Palmas. Um suspeito, homem de 28 anos, que transportava a carga de drogas, foi alvejado em confronto com os policiais e veio a óbito. Esta é uma das maiores apreensões de drogas realizadas pela PM no ano de 2020.

 

Por volta das 15h, equipes do Batalhão de Polícia Militar Rodoviário e de Divisas – BPMRED, no combate ao tráfico de drogas, realizavam bloqueio na Rodovia TO - 010, nas proximidades de Lajeado, quando identificaram um veículo que visualizou o bloqueio e retornou. As equipes iniciaram a perseguição ao suspeito e solicitaram apoio do Batalhão de Choque da PM (BPCHOQUE).

 

Já no Km 15, próximo da cidade de Palmas, o suspeito abandonou o veículo, onde estavam os 240 tabletes de maconha, e fugiu por um matagal. As equipes continuaram as buscas ao suspeito, com apoio de cães do Grupo de Operações com Cães – GOG, policiais militares do 1º Batalhão, da Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE) e do helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

 

O suspeito foi localizado e reagiu atirando contra os policiais, que revidaram a agressão. Em poder do indivíduo os policiais apreenderam um revólver, de calibre ainda não identificado. O homem foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

 

Todo o material apreendido durante a ação, cerca de 200 quilos de maconha, foi encaminhado à 1ª Delegacia de Polícia Civil em Palmas, para os procedimentos legais cabíveis.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.