Segunda - Feira,
19 de Abril de 2021

Polícia prende quatro pessoas após encontrar mais de 20 kg de drogas escondidos em propriedade no TO

Polícia Civil apreende mais de 20 quilos de drogas no norte do Tocantins

Autor: G1 Tocantins

Fonte: G1 Tocantins

Publicado em 08 de Fevereiro de 2021 (Atualizado Há 2 meses atrás)

Legenda: Sem Legenda

Autor da Foto: Divulgação/SSP

Quatro pessoas foram presas suspeitas de tráfico de drogas após a Polícia Civil encontrar mais de 20 quilos de entorpecentes escondidos em uma propriedade, na zona rural do município de Wanderlândia, norte do estado. Durante buscas no imóvel, os policiais viram uma mala coberta por uma lona. Dentro, havia 19 tabletes de maconha.

 

A ação foi realizada pela 2ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (2ª Denarc) de Araguaína, nesta sexta-feira (5), comandada pelo delegado José Anchieta de Menezes Filho.

 

Os policiais foram até a propriedade após receberem informações de que na zona rural da cidade havia um grupo de pessoas com uma grande quantidade de drogas. No local, encontraram uma mulher, de 22 anos, o marido dela, de 44 e mais dois homens, de 42 e 47 anos.

 

Com eles, os policiais apreenderam várias porções de maconha, cerca de 300 gramas de cocaína; balança de precisão; R$ 450; duas munições calibre 32 e três munições calibre 22 intactas; uma munição calibre 38 deflagrada; insumos para embalar a droga, além de 73 pontos de LSD.

 

Após as prisões, os policiais civis intensificaram as buscas no terreno da casa e localizaram nos fundos do imóvel, uma lona preta que cobria uma mala de viagem. Ao abrir a mala, foram encontrados 19 tabletes de maconha.

 

Segundo o delegado, o casal capturado é o mesmo que foi preso, pela DEIC, de Araguaína, no dia 29 de abril de 2019 na cidade de Aguiarnópolis. Na época, os policiais civis apreenderam cerca de R$ 13 mil em dinheiro e mais 7 kg de maconha que estavam armazenados na casa em que ocupavam na cidade.

 

O grupo foi autuado pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Após a realização dos procedimentos legais, os três homens foram encaminhados à Unidade Penal de Araguaína e a mulher, para a Unidade Penal Feminina de Babaçulândia.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários