Por 1.040 vagas, 86 mil candidatos farão as provas do concurso da PM

Presidente da comissão do certame diz que a Secretaria da Administração garantiu provimento e efetivação ainda este ano

Publicado em: 10 de Março de 2018
Foto Por: Jadiel Araújo/Secom Tocantins
Autor: CT
Fonte: CT
Gestor de concursos da AOCP, Wesley Faria, e coronel Marcelo Falcão

A primeira etapa do concurso da Polícia Militar acontece neste domingo, 11, e cerca de 86.524 de inscritos farão as provas, segundo o presidente da comissão do certame e Chefe do Estado Maior, coronel Marcelo Falcão Soares.

Serão dois processos distintos, pela manhã ocorrem as avaliação para o ingresso no Curso de Formação de Oficiais (CFO), e pela tarde o de Soldados (CFSD).

Os portões dos locais de prova serão abertos com uma hora de antecedência – às 7 horas, na prova do CFO; e às 13h30 para CFSD.

São ofertadas 1.000 vagas para soldados e 40 vagas para cadetes. Os salários iniciais, após os cursos de formação, são de R$ 4.455,46 para soldado e R$ 8.382,10 para aspirante a oficial.

As provas do CFSD serão realizadas nas cidades de Arraias, Taguatinga, Dianópolis, Natividade, Porto Nacional, Araguatins, Augustinópolis, Sítio Novo do Tocantins, Tocantinópolis, Wanderlândia, Gurupi, Alvorada, Formoso do Araguaia, Palmas, Paraíso, Miracema e Araguaína. Já as provas do CFO ocorrem apenas nas regionais em Palmas, Arraias, Araguatins, Gurupi, Araguaína.

Na ocasião, o gestor da Assessoria em Organização de Concursos Públicos (AOCP), Wesley Faria, destacou que toda logística para realização desta primeira fase do concurso está pronta.

Ele orientou os candidatos a lerem o edital e acessarem o site da instituição, onde já estão disponíveis os locais de provas, e se possível visitarem com antecedência esses locais, para minimizar os riscos de imprevistos no dia da prova.

Sobre a convocação dos aprovados para o concurso, coronel Falcão fez questão de esclarecer.

“O Secretário de Administração nos garantiu a previsão do provimento e efetivação de todos os candidatos aprovados para este ano. Os aprovados podem ficar tranquilos que o governo do Estado cumprirá com todo o cronograma do concurso”, disse.

 

Provas


As provas intelectuais serão objetivas, de múltipla escolha, dissertativa, e terão o seguinte conteúdo: língua portuguesa, raciocínio lógico e matemática, atualidades e conhecimentos regionais, noções de direito, noções de informática, normas pertinentes à PM. Em caráter discursivo, a redação. No total, serão 60 questões que somarão 100 pontos.

Para soldado, o candidato deverá obter o mínimo de 50% de acerto, tendo pelo menos um ponto em cada disciplina; já na de oficial, a pontuação mínima será de 60% de acerto, tendo pelo menos um ponto em cada disciplina para ser aprovado para a segunda etapa do certame. (Com informações da Secom)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.