Primeira etapa do novo Hospital Municipal de Araguaína é inaugurada em evento com aglomeração

Local será referência para atendimento a pacientes com a Covid-19 e após o período de pandemia vai substituir o Hospital Municipal Eduardo Medrado, que funciona em um prédio alugado.

Publicado em: 13 de Outubro de 2020
Foto Por: Reprodução/TV Anhanguera
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Hospital foi inaugurado em evento com aglomeração

A primeira etapa da obra do Novo Hospital Municipal de Araguaína foi inaugurada nesta segunda-feira (12) em um evento que contou com a participação de políticos da cidade e teve aglomerações.

 

O local, inicialmente, será a unidade de referência na cidade para atendimento de casos da Covid-19 e pacientes que estão internados nos hospitais de campanha devem ser transferidos para a estrutura até o fim da próxima semana.

 

Ao todo, a obra deve custar mais de R$ 23 milhões para ser construída e para as adaptações que serão feitas no pós-pandemia. Depois que a situação estiver controlada, o novo hospital vai substituir o Hospital Municipal Eduardo Medrado, que funciona em um prédio alugado. Por causa da situação de emergência, por enquanto, apenas pacientes com a Covid-19 serão atendidos na nova estrutura.

 

As obras estavam previstas para serem entregues em setembro, mas acabaram atrasando. Nesta etapa, foram entregues 20 leitos de UTI e 40 leitos clínicos.

 

A transferência dos pacientes dos hospitais de campanha será feita pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e os casos clínicos menos graves devem ser realocados primeiro.

 

Araguaína é a segunda cidades mais afetada pela pandemia em número de casos, com 15.460 pessoas infectadas desde o começo da pandemia. A cidade tem o maior número de mortes pela doença no Tocantins, com 219 casos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.