Segunda - Feira,
19 de Abril de 2021

Reféns relatam trapalhada em assalto e que ladrão pediu desculpas após atirar em comparsa

Tiro atingiu o rosto do assaltante e ele perdeu três dentes

Autor: G1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins.

Publicado em 22 de Fevereiro de 2018 (Atualizado Há 3 anos atrás)

Legenda: Sem Legenda

Autor da Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Reféns relataram momentos de um assalto que terminou com um ladrão baleado em Gurupi. O caso aconteceu nesta quarta-feira (21) em um lava a jato. O suspeito levou um tiro disparado acidentalmente pelo comparsa, ao dar uma coronhada em uma das vítimas. O ferido foi identificado como Bruno Alves Ricardino, de 18 anos.

O funcionário do lava a jato que levou uma coronhada está machucado e, por medo, preferiu não se identificar. Ele contou que o bandido que efeutou o tiro chegou a pedir desculpas.

"Ele foi dar a coronhada na minha cabeça porque ele estava com raiva de mim, não sei porque, ele não gostou de mim. Aí tinha um outro que estava abaixado na minha frente, que era o bandido, e acertou nele. Eu escutei ele dizendo: 'Você me acertou'. E o outro respondeu: 'Me desculpe'. Nessa hora eu só escutei o barulho da moto caindo e eles saíram correndo e quando eu passei a mão na cabeça, eu vi o sangue descendo no pescoço e fiquei com medo", disse.

O assalto foi praticado por quatro criminosos. O ladrão baleado estava com um capacete para não ser reconhecido e o tiro ultrapassou a viseira. Ele perdeu três dentes.

Uma mulher que também foi feita refém disse que no momento as vítimas estavam sendo amarradas pelos ladrões e se assustaram com o disparo.

"Chegou, mandou a gente deitar no chão. Empurraram meu marido, deitaram ele na frente da caminhonete e foram pegar as cordas para amarrar a gente na frente de outro carro. Quando ele foi amarrar, um dos nossos olhou para ele, aí falou que podia matar aquele gordinho. E foi dar uma coronhada na cabeça do menino e atingiu o que estava atrás amarrando um de nós".

A mulher conta ainda que em seguida os criminosos fugiram levando a carteira do marido, uma máquina leitora de cartão e a motocicleta do casal.

Os suspeitos levaram o ladrão baleado para uma Unidade de Pronto Atendimento, usando a moto que tinha sido roubada. Depois, ele foi encaminhado para o Hospital Regional de Gurupi, onde foi detido. Os outros conseguiram fugir.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários