Sebrae incentiva participação de empresas tocantinenses em seleção do Finep Startup

Empreendedores interessados em participar do programa, terão até o dia 15 de março para envio de propostas

Publicado em: 20 de Fevereiro de 2020
Foto Por: Divulgação
Autor: Ascom
Fonte: Ascom

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), está com edital aberto para seleção de startups. Esse é o terceiro edital do Programa Finep Startup que conta com duas rodadas anuais de investimento. O objetivo do programa é alavancar empresas de base tecnológica em fase final de desenvolvimento de produto ou que precisem ganhar escala de produção, com viabilidade comercial comprovada. As propostas devem ser enviadas até o dia 15 de março pelo site da Finep.

 

O limite de recursos totais desta rodada é de R$ 30 milhões para 25 startups. O valor do investimento da financiadora poderá chegar até R$ 1,2 milhão em cada uma das empresas selecionadas. Para concorrer, as startups precisam ter protótipo MVP (Minimum Viable Product, em português, Produto Viável Mínimo), prova de conceito ou, preferencialmente, já estarem realizando as primeiras vendas. Assim, não se enquadram propostas em fase de ideia ou pesquisa.

 

"O Sebrae como um dos grandes incentivadores do empreendedorismo, vê o programa como uma oportunidade para os pequenos negócios do Tocantins. É mais uma chance das startups tocantinenses se alavancarem e se consolidarem como empresas sólidas em seus mercados", informou, Rogério Maracaípe, analista técnico do Sebrae.

 

Evento

 

O edital da 1° rodada do Programa de Investimentos em Startups Inovadores será apresentado aos empresários do Tocantins no dia 03 de março, às 19 horas, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto). Na oportunidade, as empresas interessadas poderão tirar dúvidas e receber orientações. (Assessoria de Imprensa Sebrae Tocantins)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.