Sebrae oferece mais de 100 cursos online, e-books e jogos gratuitos

Para se inscrever basta se cadastrar no site da instituição

Publicado em: 27 de Março de 2020
Foto Por: Divulgação
Autor: Ascom
Fonte: Ascom

A crise que o país vive com a pandemia do Coronavírus pode ser uma oportunidade de fazer diferente e descobrir novos caminhos. Para ajudar o empresário a enfrentar essa situação, o Sebrae está oferecendo soluções gratuitas. A instituição reforçou seu portifólio de cursos, e-books e jogos com temas variados como Finanças, Leis, Planejamento, Inovação e Mercado e Venda. A duração das capacitações varia entre 2 horas e 24 horas.

 

Para se inscrever, os interessados devem acessar o site do Sebrae, selecionar o curso de interesse e preencher um formulário com os dados pessoais e CPF. Os conteúdos são disponibilizados em formato de e-book e contam com certificado digital de participação após sua conclusão. O prazo máximo para início e término dos cursos é de 30 dias.

 

"A ideia é que essas capacitações auxiliem o empresário a ficar por dentro das mais recentes atualizações do mercado para encarar esse período difícil. É importante dedicar tempo ao conhecimento e à informação para desenvolver a habilidade de se reinventar", explicou a diretora técnica do Sebrae Tocantins, Eliana Castro.

 

Atendimento Sebrae

 

Durante esse período de crise, os empresários tocantinenses, que necessitarem de orientações, podem solicitar o atendimento online do Sebrae Tocantins pelos seguintes canais:

Central de Relacionamento: 0800 570 0800

Whatsapp – (63) 9 -9971-2198

Instagram - @sebraeto

Facebook – SebraeTocantins

Youtube – SebraeTocantins

Sebrae Respostas - respostas.sebrae.com.br

APP Sebrae –  disponível para IOS e android

ASN-TO – www.to.agenciasebrae.com.br

Hotsite  – sebrae.com.br/coronavirus

(Assessoria de imprensa Sebrae)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.