Secretaria de Saúde de Gurupi realiza vacinação contra Influenza nos domicílios

Publicado em: 29 de Junho de 2020
Foto Por: Marcos Veloso
Autor: Ascom
Fonte: Ascom

Neste sábado, 27, a Secretaria Municipal de Saúde de Gurupi iniciou a vacinação em domicilio contra a Influenza. Três equipes de vacinação estão percorrendo as casas dos setores Sol Nascente, Waldir Lins e Pedroso imunizando os públicos prioritários que não atingiram a meta de imunização. A ação ocorrerá no domingo (28), segunda (29) e terça-feira (30). A campanha segue normalmente nas Unidade Básicas de  Saúde até terça-feira.

 

Conforme a Coordenadora de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde de Gurupi, Flaviane Teles, a expectativa é vacinar cerca de 650 pessoas nesta ação. Ela confirmou que 15 pessoas estão envolvidas diretamente na ação. Os profissionais estão indo de casa em casa imunizando crianças, gestantes, puérperas e adultos de 55 a 59 anos.

 

Segundo o secretário municipal de Saúde, Antônio Carlos Pakalolo, a iniciativa deu-se em razão de que esses grupos tiveram uma procura abaixo da meta e como o município tem as doses disponíveis pensou-se em ir até esses públicos aplicar as doses.

 

"O nosso foco são as crianças, grávidas, mulheres que tiveram bebês até 45 dias, porque a procura desses grupos foi baixa, talvez devido receio de sair de casa por causa da Covid-19, embora nossas unidades estejam em total segurança e os atendimentos sendo feitos conforme os protocolos dos órgãos de saúde, mas independente dos motivos, deslocamos nossas equipes para realizar a imunização em diversos setores", explicou.

 

No domingo as equipes estarão nos setores Casego, Jardim Sevilha e Vila São José.  Na segunda-feira, será a vez dos moradores do centro, Vila Nova e Vila Íris, receberem as equipes e na terça-feira a vacinação acontecerá no Jardim dos Buritis e Bela Vista.  

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.